Manifesto da SBP contra o trabalho infantil e em defesa dos direitos da criança

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou nesta sexta-feira (12) um manifesto em que explicita sua preocupação com o drama do trabalho infantil, vivenciado diariamente por milhões de crianças e adolescentes no País. Em nome dos pediatras brasileiros, a entidade exige o devido respeito e cuidado do poder público, e enfatiza a necessidade de mais iniciativas para garantir o pleno crescimento e desenvolvimento dessa parcela da população, que tem sua dignidade humana e direitos violados.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A ÍNTEGRA DO MANIFESTO

Para enfrentar esse desafio, a SBP apresenta uma lista de proposições para análise do poder público. Entre as ações de proteção integral listadas, constam a ampliação do número de vagas escolares; a elaboração de ferramentas para garantir a frequência escolar; o fortalecimento das políticas de geração de emprego e renda; e a intensificação das ações de fiscalização dos órgãos competentes.

De acordo com a entidade, o trabalho infantil priva as crianças de sua infância, comprometendo inclusive áreas do desenvolvimento físico, mental e cognitivo. Nenhum desses riscos deve ser negligenciado e qualquer tentativa de naturalização dessa prática pode ser especialmente perigosa por contribuir para a invisibilidade desse público.

Recent Posts

Leave a Comment