Congresso Brasileiro de Adolescência com inscrições abertas

Entre os dias 23 e 25 de maio, em São Paulo, acontece o 15º Congresso Brasileiro de Adolescência, que será na Universidade Anhembi Morumbi, na capital paulista.
Para outras informações, envio de trabalho e inscrições acesse o site da Sociedade Brasileira de Pediatria www.sbp.com.br

O Congresso destinado aqueles que atuam no campo da adolescência, tanto da área da saúde como pediatras gerais, estudantes e residentes, nutricionistas, educadores físicos, enfermagem, além de outros, tanto de outras áreas, dado o caráter interdisciplinar de atuação, envolvendo profissionais e estudantes de áreas tão abrangentes como as das  Ciências Humanas e da Educação, como  assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, professores e estudantes, além de profissionais do âmbito  do sistema de garantia de direitos entre outros.

O encontro científico tem como objetivo abordar os aspectos mais importantes do atendimento/acompanhamento destinado a este grupo populacional, de forma prática e atualizada promovendo a Atenção Integral ao adolescente e fortalecendo as famílias, dedicando-se desde às questões que envolvem prevenção, manutenção da saúde, redução de danos até o tratamento e recuperação.

Para garantir que os adolescentes atravessem este período em segurança e sem complicações, é necessário um olhar de forma a percebê-los como parte integrante do futuro do País, com grande potencial de protagonismo, criatividade e vontade de mudança. É desejável que eles sejam agentes de sua própria mudança, fazendo parte das ações voltadas para seu desenvolvimento integral e garantindo a efetividade do autocuidado para a promoção de sua saúde e vida futura, para se inserirem de forma adequada na sociedade, tornando-se verdadeiros cidadãos, cônscios e aptos a exercer a sua cidadania e legar para o futuro um mundo melhor, mais coeso, mais harmonioso e portanto, mais rico e mais saudável.

Ao assumir a posição de profissional que trabalhará em algum momento futuro com esta população, quer esteja, ainda, em formação,  ou que trabalhe com adolescentes (espera-se que esteja sempre em educação continuada) devendo estar preparado para lidar com questões complexas na sua essência, mas que na maioria das vezes, serão resolvidas com empatia, conhecimento científico e ações, que devem ser direcionadas aos adolescentes, mas também projetadas para a família e o meio em que eles vivem, pois somos todos, produtos de nosso processo sócio-histórico-cultural.

É preciso ter em vista a promoção da saúde integral dos adolescentes com ênfase no equilíbrio dinâmico entre os aspectos físico, mental e social, daí seu caráter abrangente e interdisciplinar. E, desse modo, estaremos refletindo que esta parcela da população é parte atuante da solução de problemas e não mais um problema para os adultos.

O XV Congresso Brasileiro de Adolescência vem justamente auxiliar a fortalecer o intercâmbio científico entre os profissionais e pesquisadores da área, com base nas melhores evidências médicas e de saúde da área, assim como enfatizar o fomento à produção científica e pesquisa clínica na comunidade universitária, envolvendo para além disso, os aspectos sócio-histórico-culturais em que, todos – família, profissionais e adolescentes – estão inseridos e que podem ser determinantes de saúde, doença e desenvolvimento pleno nesta sociedade em seus múltiplos aspectos.

Recent Posts

Leave a Comment